1ª Semana da Educação: assista no CASAPlay e no AVA

Evento realizado pela UNICASA e pela Superintendência Pedagógica reuniu especialistas de diversas áreas

 

A Fundação CASA, por meio da Universidade Corporativa da Instituição (UNICASA) e a Superintendência Pedagógica, promoveu entre os dias 04 e 08 de outubro a 1ª Semana da Educação da Fundação CASA. Profissionais de diferentes áreas contribuíram, em palestras virtuais, para apresentar olhares mais humanizados sobre o atendimento socioeducativo.

Se você, servidor, não conseguiu acompanhar, pode assistir às palestras disponíveis no CASAPlay ou, em breve, por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), da UNICASA.

A mestre e doutora em Serviço Social e especialista em Psicopedagogia, Isa Maria Guará, servidora da Fundação CASA entre os anos de 1974 e 1997 (na época da Febem/SP), foi a primeira palestrante da semana, com transmissão pela plataforma Microsoft Teams no dia 04 de outubro. Ela discutiu a “Intencionalidade nas Intervenções Socioeducativas”.

A “escuta e acolhimento de educadores, crianças e adolescentes” foi o tema da palestra da professora Alice Proença, doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), no segundo dia de atividades (05 de outubro). Historiadora por formação, Alice é mestre em Didática pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE/USP) e atua como professora da pós-graduação do Instituto Singularidades, além de coordenar o "Projeto Paz se faz com Arte", uma parceria entre o Museu de Arte Moderna (MAM) e a organização Aliança pela Infância.

Na mesma data, o professor Eduardo Natali falou sobre a “importância da Educação Física na formação integral do indivíduo”. Educador, docente e palestrante formador, Natali atua há mais de 15 anos nos ensinos Básico e Superior, sócio-proprietário da Atitude Inclusiva e do Núcleo Educação e Diversidade, além de mestre em Ciências Sociais e especialista em Educação Especial e Inclusiva.

Já na quarta-feira (06), o ator João Signoreli apresentou virtualmente o monólogo “Gandhi, um líder servidor”, de Miguel Filiage, discutindo a cultura de paz como uma verdadeira ética na educação. Com 30 anos de experiência no meio artístico, tendo no currículo peças como “Um Bonde Chamado Desejo”, “Diário de um Mago”, e “O Homem de la Mancha”, o ator encena esse monólogo há mais de uma década.

A “Arte, Educação e Cultura de Paz” foi o tema da discussão da pedagoga Teresinha Klain Moreira, formada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Sua palestra online aconteceu na quinta (07). Teresinha é membro da Aliança pela Infância e conselheira do Conselho Municipal de Cultura de Paz de Campinas.

No mesmo dia, a socióloga Ednéia Gonçalves apresentou sobre a alfabetização na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Ednéia é educadora e coordenadora-executiva adjunta da organização social Ação Educativa.

No último dia de palestras, a bacharel, mestre e doutora em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Tatiana Passos Zylberberg, discutiu a “Atuação Docente – olhares para invisibilidades”.

Em seguida, a professora norte-americana Nora Dooley fechou a Semana, com discussão sobre o “Jogo como um processo educativo”. Nora é líder da equipe de impacto e facilitadora de treinamento sobre “Brincar com Propósito” para a Coaches Across Continents (CAC).

Compartilhe esta notícia: