Jovens da Fundação CASA visitam exposição sobre Portinari no MIS Experience

Visitas ocorrerão nos meses de maio, junho e julho. Ação é fruto de uma articulação entre a Gerência de Arte, Cultura e Educação Profissional (GACEP) da Fundação CASA com o MIS

 

Ver a vida, o legado e até mesmo interagir e se sentir envolvido por algumas obras de um dos artistas mais conhecidos e respeitados do Brasil, que é Cândido Portinari.

Essas serão algumas das muitas possibilidades que os jovens em medida socioeducativa nos centros da Fundação CASA localizados na capital, interior e litoral do Estado de São Paulo poderão experimentar a partir da próxima quinta-feira (12/05), quando se iniciam as visitações programadas à mostra “Portinari para Todos”, em cartaz no espaço do no MIS Experience.

No local, os jovens terão acesso a três espaços diferenciados, que trazem instalações interativas, uma “imersão” em algumas das obras mais conhecidas do artista e, por fim, a contextualização sobre a importância de Portinari e sua contribuição para o patrimônio cultural de nosso país.

As visitações à mostra são fruto de uma articulação da Gerência de Arte, Cultura e Educação Profissional (GACEP) da Fundação CASA com o MIS.

 

Agenda

O primeiro centro da instituição que visitará o espaço será o CASA Limeira, da cidade de Limeira.  Em seguida, na agenda do mês de maio, estão contemplados os centros Ouro Preto (capital), Novo Tempo (Franco da Rocha), Maestro Carlos Gomes (Campinas), Bela Vista (capital), Mario Covas (capital), Guarulhos, Guarujá, Tapajós (Franco da Rocha), Santo André II (ABC), Vila Guilherme (capital) e Jacareí.

Em junho, será a vez dos centros Campinas, Rio Piracicaba (Piracicaba), Atibaia, São Paulo (capital), Nova Vida (capital), Vila Leopoldina (capital), Mogi Mirim, Semiliberdade Guararema, Terra Nova (Itaquaquecetuba), Ônix (capital), Osasco I e II, Manacá da Serra (Franco da Rocha), Semiliberdade Azaleia (feminina - capital), Chiquinha Gonzaga (feminino – capital) e Semiliberdade de Jundiaí.

As visitações se encerrarão no mês de julho, quando será a vez dos centros Jardim São Luiz I e II, Laranjeiras (Mogi Mirim) e Morro Azul (Limeira).

De acordo com o secretário da justiça e cidadania e presidente da Fundação CASA, Fernando José da Costa, a ação visa despertar nos jovens uma curiosidade sobre os grandes nomes da arte. “Portinari nos deixou obras que nos fazem refletir nossos contextos, cotidiano e lutas. Gerar esse acesso aos jovens, com certeza, é um ganho e enriquecimento cultural para todos”, concluiu.

 

Compartilhe esta notícia: