CASA Bela Vista tem sarau virtual do Poetas do Tietê

Com tema literatura marginal e periférica, integrantes do coletivo apresentaram poemas para os adolescentes

 

Os adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação no CASA Bela Vista, no Complexo da Vila Maria, na cidade de São Paulo, assistiram na última sexta-feira (04) ao sarau virtual do coletivo Poetas do Tietê. Foram cerca de 60 minutos de poesias e músicas compostas pelos integrantes do coletivo, além de composição própria dos jovens, baseados na literatura marginal e periférica.

O coletivo, que já realizou saraus presenciais no Complexo, precisou adaptar a ação para transmissão a distância, devido ao isolamento social trazido pela pandemia da Covid-19. Após a exibição, a equipe pedagógica do CASA propôs aos jovens a elaboração livre de conteúdo, que poderia ser estrofe, frase, entre outros.

“Falamos sobre os problemas atuais do país, como racismo, machismo, violência e desigualdade, mas também discutimos muito o amor e a esperança, pois acreditamos que essa realidade pode ser mudada. A literatura é a revolução da paz”, explica um dos coordenadores do Poetas do Tietê, Paulo D'Auria.

“Os adolescentes adoram escrever, compor, então o sarau virtual foi ótimo e ainda ajudou a dar um respiro a mais em meio ao isolamento social”, avalia a coordenadora pedagógica do CASA, Jéssica Francine Cinel.

Segundo a coordenadora pedagógica, levar poesia e cidadania a adolescentes privados de liberdade incentiva a formação de indivíduos multidimensionais. “Por meio do evento ainda levamos aprendizado, contribuindo para o desenvolvimento dos adolescentes e acrescentando novos conhecimentos”, completa Jéssica.

Compartilhe esta notícia: