CASA Santo André II vence a XVII da Copa CASA de Futebol

Jogo aconteceu nesta quinta (07/04), no Clube Atlético Juventus, localizado na capital paulista

 

Em uma final disputadíssima, a equipe formada pelos jovens em medida socioeducativa no CASA Santo André II, da cidade de Santo André, venceram por 05 a 02 a partida contra a equipe do CASA Rio Dourado, da Cidade de Lins, e sagraram-se campeões da XVII da Copa CASA de Futebol.

O jogo aconteceu nesta quinta-feira (07/04), no Estádio Conde Rodolfo Crespi, no Clube Atlético Juventus, localizado no bairro da Mooca, na capital paulista.

Ao final da partida, os jovens do CASA Santo André II receberam a premiação pela vitória, que foi entregue pessoalmente pelo secretário da Justiça e Cidadania e presidente da Fundação CASA, Fernando José da Costa. 

De acordo com o secretário da Justiça e Cidadania e presidente da Fundação CASA, Fernando José da Costa, o campeonato foi um sucesso. “Os jovens mostraram um excelente fairplay e jogaram com muita garra. Foi uma grande oportunidade de exercer o trabalho em equipe e reconhecer suas aptidões e capacidades”, destacou.

A XVII da Copa CASA de Futebol é um campeonato realizado pela Gerência de Educação Física e Esporte (Gefesp) da Fundação CASA. Nesta edição, a primeira após a pandemia de Covid-19, a Copa CASA contou com a participação de mais de 1000 jovens em medida socioeducativa nas duas etapas da competição, a regional e a estadual.

As partidas da fase regional envolveram os centros socioeducativos localizados em todo o estado de São Paulo, seja na capital, interior e no litoral. Nesta etapa, os jogos têm como objetivo eleger os oito melhores times, que representarão suas respectivas divisões regionais na etapa seguinte.

Outra caraterística das etapas regionais são as partidas oportunizadas por meio de parcerias com campos de futebol municipais, de agremiações e de instituições desportivas, bem como de alguns Estádios: os campos do União da Balança (Guararema), do INCA (Botucatu), da Vila Menezes (Mauá), do Grêmio (Cerqueira César), da Associação São Cristovão de Esportes (Valinhos), do Centro Esportivo e de Lazer “Hideraldo Luis Beline” (Itapira), do Grêmio Esportivo Vila Nova (Itanhaém), do Sesi de Votorantim e da cidade de Óleo; e os Estádios Municipais “Irio Spinard” (em Dracena), “Dr. Adhemar de Barros” (em Araçatuba) e “Fernando Costa” (em Lins).

Na fase estadual do campeonato, que é a mais aguardada pelos adolescentes, os jogos são realizados em campos oficiais nos estádios de futebol. “Essa experiência é marcante para muitos jovens, pois é a grande oportunidade de eles mostrarem suas habilidades e a possibilidade ocuparem os mesmos gramados onde grandes craques já estiveram”, ressaltou Janaina de Brito Asprino, gerente da área de Educação Física e Esporte.

Compartilhe esta notícia: