Cultura movimenta atividades de férias do CASA Arpoador

Na programação diversificada, visita virtual e filme foram estratégias para discutir história e valores


A cultura como ferramenta foi uma das estratégias que a equipe pedagógica do CASA Arpoador, no Complexo Raposo Tavares, em São Paulo, utilizou com os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação durante as férias da educação escolar, entre os meses de dezembro de 2020 e janeiro deste ano.

Ainda que virtualmente, durante a visita on-line à exposição “Coleção Brasiliana - Viagem no Tempo: Visões de Brasil”, no Itaú Cultural, em São Paulo, os rapazes conheceram um pouco mais sobre a história de seu país. Na exibição do filme “Duelo de Titãs”, seguida de bate-papo, questões como carreira e valores éticos foram debatidas.

Durante a visita virtual guiada por educadores do Itaú Cultural, sete adolescentes e servidores de diferentes áreas do centro socioeducativo conheceram parte das obras do acervo permanente.

Elas representam a visão das populações indígenas a partir do ponto de vista dos colonizadores brancos. Porém, simultaneamente, que assiste é convidado a compreender a mesma história a partir do ponto de vista de indígenas contemporâneos.

“Assim que terminou, fizemos uma roda de conversa e os jovens fizeram muitas perguntas sobre o tema. Foi uma experiência enriquecedora”, conta a coordenadora pedagógica do CASA, Rosângela Omar.

Já o filme do diretor Boaz Yakin, feito em 2000, foi o pontapé para discutir temas relacionados ao desenvolvimento de carreira e liderança, assim como valores de respeito ao próximo e princípios éticos que os indivíduos levam por toda a vida.

O filme, baseado em fatos, conta a história de um time de futebol americano formado por atletas escolares brancos e negros, depois da junção de duas escolas, e comandado por um treinador negro.

A ideia da atividade pedagógica, como uma Sessão de Cinema, veio a partir da disponibilização do filme no Diretório de Atividades da Fundação CASA, um meio para auxiliar as equipes pedagógicas na aplicação de conteúdos socioeducativos.

Compartilhe esta notícia: