Jovens da Semi Ibituruna visitam exposição da cantora Rita Lee

Visitação é parte da programação de férias do CASA, que ainda inclui outros museus da capital

 

Cinco adolescentes que cumprem medida socioeducativa no CASA de Semiliberdade Ibituruna visitaram na última terça-feira (04) a “Samsung Rock Exhibition Rita Lee”, exposição no Museu da Imagem e do Som (MIS), na cidade de São Paulo, dedicada à história da cantora brasileira.

A visitação é parte das atividades culturais de férias do centro socioeducativo, que ainda tem na agenda idas aos museus do Futebol e Afro Brasil e ao Caixa Cultural São Paulo, além de visita guiada ao Edifício Matarazzo, onde fica a sede da Prefeitura de São Paulo.

Para todos os adolescentes, conhecer a história pessoal e musical de Rita Lee foi basicamente o primeiro contato com a obra da cantora, reconhecida como a Rainha do Rock nacional.

“Só um dos adolescentes lembrou que sua mãe é fã da cantora, que usou a arte como uma arma para lutar por causas como ecologia e a situação da mulher no Brasil”, explicou o diretor do CASA, Edilson José Gomes. A visita, que durou uma hora e meia e com ingressos gratuitos, foi guiada por educador do MIS.

A exposição traz centenas de figurinos e objetos pessoais da cantora, escolhidos por ela mesma e seu filho, João Lee, curador da mostra. Nela é traçada uma espécie de linha do tempo, com a história da Rainha do Rock em 18 áreas temáticas, retratando, entre outros, o seu início na banda Mutantes e sua irreverência como artista, que a levou à prisão durante o regime civil-militar.

A agente técnica Denize Rodrigues Alves, o agente educacional João Claudio Molino e os agentes de apoio socioeducativo Moyses de Jesus e Mauricio Cesar Martins acompanharam os jovens na atividade pedagógica.

Compartilhe esta notícia: