Jovens do CASA João Paulo II visitam fábrica de jeans em Avaré

Objetivo da ação foi trabalhar a questão da sustentabilidade, por meio do consumo consciente de recursos como a água

 

Um grupo de jovens que cumpre medida socioeducativa no CASA João Paulo II, localizado na cidade de Cerqueira César (DRS), visitou na última semana a fábrica de jeans Lorsa, situada na cidade de Avaré.

O objetivo da visita foi dar continuidade a um projeto de educação ambiental e sustentabilidade desenvolvido pelo centro da Fundação CASA com os adolescentes. O projeto recebeu o nome de “João Paulo Sustentável”.

Durante a visita, os jovens puderam conferir todo o processo de produção dos jeans, desde a criação do design até as roupas finalizadas.

O ponto alto, porém, foi o momento de conhecer a lavandeira da fábrica, considerada uma das mais sustentáveis do Brasil. O local reaproveita até 95% da água utilizada no processo de fabricação de suas peças.

Além disso, a Lorsa também possuí uma estação de tratamento de água e seus efluentes (resíduos industriais) são todos descartados de forma ecologicamente correta.

Outro ponto observado pelos adolescentes é a responsabilidade social da empresa, que participa de pactos de combate à exploração de mão de obra infantil e análoga à escravidão.

De acordo com o secretário da Justiça e presidente da Fundação CASA, Fernando José da Costa, a iniciativa é muito positiva. “A visita traz um olhar prático ao conteúdo que foi trabalhado, mostrando que é possível aplicar a tecnologia para preservar o meio ambiente”, concluiu.

 

Sobre o “Projeto João Paulo Sustentável”

Realizado com jovens em medida socioeducativa, que estão no Ensino Médio, e servidores do CASA João Paulo II, o projeto conta com atividades e ações educativas relacionadas aos conceitos de sustentabilidade, ecologia, redução de impacto ambiental e práticas sustentáveis.

Além dos conteúdos trabalhados dentro do centro socioeducativo, como palestras em parceria com o Procon-SP sobre consumo consciente e educação financeira, os adolescentes também contribuíram e apoiaram ações externas, como o Projeto "Patinhas Ecológicas em Ação", Cooperativa de Recicláveis em Cerqueira César, e o desenvolvimento dos Projetos Horta e Projeto Agro Floresta.

Os participantes do projeto também realizaram visitas em empresas como a ECOLOGICAL, que atua na gestão e valorização de resíduos e em recuperação de plásticos, à ETEC de Cerqueira César, para aprender sobre técnicas de compostagem, e à Cooperativa de Recicláveis em Cerqueira César.

Compartilhe esta notícia: