Jovens do CASA Ipê declamam em sarau literário

Atividade encerrou o ciclo trimestral da Oficina de Artes da Palavra, com poesias e músicas autorais

 

Dez adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação no CASA Ipê, no Complexo Raposo Tavares, em São Paulo, declamaram poesias e cantaram músicas de autoria própria durante sarau literário promovido no centro socioeducativo.

A atividade pedagógica, ocorrida no dia 19, encerrou o ciclo trimestral da Oficina Artes da Palavra, do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC).

Por meio da literatura, os rapazes retrataram as realidades que viveram antes de cumprir medida socioeducativa. Em comum, as letras das músicas e as poesias traziam histórias do cotidiano da vida na comunidade e a falta de oportunidades para trabalhar, para melhorar a qualidade da própria educação formal ou mesmo acessar a cultura.

“Aqui descobri um novo modo de me expressar e ser notado e ouvido”, afirmou o jovem Natanael (nome fictício), de 18 anos, no encerramento da apresentação.

A programação ainda incluiu a leitura de textos de autores consagrados, assim como os fanzines produzidos pelos adolescentes no período. Além dos servidores, a plateia ainda contou com a coordenadora de Projetos do CENPEC, Marília Rovaron.

Compartilhe esta notícia: