Fundação CASA inicia sua III Semana da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Programação contará com palestras e espetáculo de dança

 

Por meio de sua Universidade Corporativa (UNICASA) a Fundação CASA realiza, a partir desta segunda (06/12) uma programação especial para celebrar os 73 anos da ratificação da Declaração Universal dos Diretos Humanos, realizada no dia 10 de dezembro de 1948.

Na programação, estão palestras com enfoques variados e uma apresentação do espetáculo de dança “E Se...”, que aborda a violência contra a mulher. O evento é totalmente online e as palestras e o espetáculo serão transmitidos pela plataforma Microsoft Teams.

LINKS DISPONÍVEIS NA INTRANET

A abertura do evento acontece às 14h, com a palestra “Educação em Diretos Humanos: desafios e possibilidades”, que será ministrada pelo educador do Memorial da Resistência de São Paulo, Marcus Vinicius Freitas Alves.

Na terça-feira (07/12), às 14h ocorrerá a palestra “História de uma infância violada de direitos”, que será ministrada pela editora, escritora e empreendedora, Luciene Vignoli Muller.

 

Na quarta-feira (08/12), às 14h, acontecerá a transmissão do espetáculo de dança “E Se...”, que fala sobre a violência contra a mulher e a importância de identificar e combater as várias nuances que ela pode adquirir. A apresentação tem direção artística de Gisele Bellot, coreografia de Gabriel Malo e performance versátil do elenco formado por Laura Maria Delgado, Gisele Bellot, Katia Barros, Lucas Teodoro, Carol Dias, Julio César, Luciana Bolina, Malcom Matheus, Milton André, Mariana Camargo e Tutu Morasi.

Na quinta-feira (09/12) acontecerão duas palestras. A primeira ocorrerá no horário das 10h30 e terá como tema “Cenário brasileiro da Justiça Juvenil frente ao panorama internacional de direitos humanos”. O evento será ministrado pela Assessora em audiência de custódia do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC), doutoranda e mestra em Ciências Criminais, Daniela Eilberg.

Já a segunda palestra do dia acontecerá às 14h e trará o tema “Humanidades versus Direitos Humanos”, sendo ministrada pela educadora do Museu Afro Brasil, Rosa Aparecida do Couto Silva.

Por fim, na sexta-feira (10/12), quando se comemora oficialmente os 73 anos da ratificação da Declaração Universal dos Diretos Humanos, acontecerá, às 14h, a palestra “O Estatuto da Criança e do Adolescente: o reconhecimento de crianças e adolescentes como sujeitos de Direito”, e será ministrado pela doutora em Direitos Humanos (USP), com pesquisa de pós-doutorado sobre execução de medidas socioeducativas (FGV), Maíra Zapater.

 

 

Compartilhe esta notícia: