Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 21/11/2016 15:58:48

Haverá transmissão pela intranet a partir do auditório da Sede; especialistas discutirão garantias jurídicas

 

A Superintendência de Saúde da Fundação CASA realiza no dia 06 de dezembro a segunda videoconferência sobre identidade de gênero e orientação sexual. A transmissão ocorrerá por meio da intranet da CASA, a partir do auditório da Sede da Instituição, em São Paulo.

A psicóloga Deborah Bittencourt Malheiros e Cassio Rodrigo, coordenador de Políticas para a Diversidade Sexual da Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania, apresentarão e discutirão as normas jurídicas brasileiras que garantem a identidade sexual às pessoas, dentre eles os adolescentes.

Os funcionários poderão acompanhar a transmissão de qualquer computador interligado à rede da Fundação CASA, inclusive das divisões regionais e centros socioeducativos. Basta digitar o endereço eletrônico http://videoconferencia nos navegadores Internet Explorer ou Mozilla Firefox.

Aqueles que trabalham na Sede podem acompanhar pessoalmente a transmissão.

Esta videoconferência é continuidade à discussão apresentada pela Superintendência de Saúde no dia 13 de julho, quando o tema da identidade de gênero e a orientação sexual foi apresentado pelo professor Alexandre Saadeh, médico psiquiatra e coordenador do Ambulatório de transtornos de identidade de gênero e orientação sexual, ligado ao núcleo de Psiquiatria e Psicologia Forense do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (IPq-HCFMUSP).

 “Alguns adolescentes que chegam à Fundação CASA tem expressado identificação com o gênero feminino ou masculino. Com essa discussão, trazemos mais informações sobre a questão para qualificar melhor o atendimento aos jovens”, explica o superintendente de Saúde, Décio Perroni Ribeiro Filho.

 

Sobre os palestrantes

 
 
 

Deborah Malheiros é psicóloga especializada em Saúde Pública e Aconselhamento em Dependência Química. Hoje é assistente técnica da Coordenação Geral de Apoio aos Programas de Defesa da Cidadania da Secretaria Estadual da Justiça e coordena cursos sobre direitos humanos na modalidade de ensino a distância. É coordenadora dos cursos “A Conquista da Cidadania LGBT: a política da Diversidade Sexual no Estado de São Paulo” e de políticas públicas da pasta do Governo do Estado de São Paulo.

Atua como conselheira estadual dos direitos da população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais; no Conselho da Condição Feminina e no Conselho de Políticas sobre Drogas.

 Já Cassio Rodrigo é jornalista graduado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e atua há 24 anos na prefeitura de São Paulo. Foi coordenador geral de Diversidade Sexual da prefeitura entre 2005 e 2009. Em 2006, ministrou palestra sobre segurança pública e direitos dos homossexuais e os movimentos de Paradas do Orgulho como ação política e social na I Conferência Internacional de Direitos Humanos para GLBT, em Montreal (Canadá).

Na Secretaria Estadual da Cultura, foi assessor de cultura para Gêneros e Etnias, atuando na construção das políticas culturais para mulheres, negros, indígenas, ciganos, LGBT, pessoas com deficiência, povos latino-americanos, dentre outros segmentos culturais.