Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 07/10/2019 18:07:07

Apresentador da TV Cultura compartilha sua história e discute sobre o papel da educação com adolescentes

 

A transposição física do professor Tibúrcio, para os mais velhos. O apresentador do antigo programa CQC, da TV Bandeirantes, para os mais jovens. Hoje, comentarista do jornal da Cultura e apresentador do programa Provocações, da mesma emissora.

O jornalista multiplataforma, comunicador com mais de 35 anos de carreira, Marcelo Tas, palestrou na última quinta-feira (03 de outubro) para cerca de 30 adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação no CASA Vila Guilherme, no Complexo da Vila Maria, em São Paulo. A pauta foi sobre sua história de vida e o papel fundamental que a educação tem na formação dos jovens.

Durante cerca de três horas, Tas compartilhou com jovens e funcionários presentes sua história de vida pessoal e profissional. Desde o primeiro personagem para a TV, o “repórter” Ernesto Varela, na TV Gazeta, passando pelo professor Tibúrcio, do programa infantil Rá-Tim-Bum, da TV Cultura, ou mesmo como âncora do programa humorístico e jornalístico CQC, a hoje, como apresentador ou comentarista de programas em diferentes plataformas – rádio, TV e internet.

Esta foi a primeira vez que Tas entrou em um centro socioeducativo da Fundação CASA. De acordo com a coordenadora pedagógica do CASA, Fabiana Aparecida Inácio, o jornalista ficou visivelmente emocionado em conseguir conversar com os jovens e conhecer o trabalho realizado no centro socioeducativo.

“Foi algo tão marcante que ele fez questão de entregar pessoalmente um cartão personalizado com seus personagens marcantes para todos os adolescentes e funcionários presentes ao bate-papo”, explicou a coordenadora pedagógica.

No diálogo com os adolescentes, Marcelo Tas ressaltou que se dedicar aos estudos foi importante para ele chegar onde está hoje profissional e pessoalmente. Também discutiu questões relacionadas a racismo, homofobia e maturidade. “A educação foi fundamental para que eu pudesse alcançar os meus sonhos”, afirmou o apresentador.

“Foi uma tarde cheia de magia, leveza e aprendizado que os rapazes levarão para toda a vida”, avaliou Fabiana Inácio. “Os adolescentes se identificaram muito com a maneira simples e objetiva que o apresentador tratou assuntos que são parte do cotidiano da sociedade.”

“Momentos como esta palestra são de extrema importância porque nos mostram que a medida socioeducativa extrapola os muros do centro e contribui para uma juventude que busca referenciais positivos para a vida”, analisou o diretor do CASA Vila Guilherme, Silvio Rodrigues.

No final do bate-papo, adolescentes e funcionários presentearam o apresentador com quadro elaborado durante a oficina de artes visuais, ministrada por educador da organização social Ação Educativa.