Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 28/11/2018 11:04:04

Grupos de três centros, um do litoral e dois da capital, conferirão os 19 projetos expostos

 

Adolescentes cumprem medida socioeducativa nos CASAs Itanhaém (DRL), Parada de Taipas e Cedro (ambos da DRM-IV) visitam até a próxima sexta-feira (30/11) a 33ª edição da Bienal de São Paulo.

O evento traz como tema “Afinidades Afetivas”, com 12 projetos individuais e sete mostras coletivas, organizadas por artistas-curadores. Ao total, são mais de 100 artistas expondo suas criações, como esculturas, pinturas, instalações, audiovisuais, fotografias e performances.  

Durante a visita, os jovens serão acompanhados pelas técnicas da Gerência de Arte e Cultura (GAC) e por educadores da Bienal, que explicarão o contexto sobre cada uma das obras da mostra.

De acordo com o gerente da GAC, Wellington Araújo, a visita é uma oportunidade de ampliar o repertório cultural. “Conferir as obras em exposição, com essa contextualização feita pelos educadores, não só os enriquecerá culturalmente, como também possibilitará que eles tenham acesso a esses espaços e a novas formas de entretenimento”, concluiu.