Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 17/09/2019 18:34:52

Adolescentes, funcionários e familiares assistiram ao repertório da cantora, que já integrou banda feminina do programa Altas Horas, da TV Globo

 

Uma voz melódica, olhos vívidos e uma marcante presença de palco da cantora Graça Cunha embalaram adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação, funcionários e familiares do CASA Belém, no Complexo da Vila Maria, na cidade de São Paulo, na última sexta-feira (13 de setembro).

A cantora, que já integrou a banda feminina do programa Altas Horas, da TV Globo, acompanhada do violinista Stefânio Faustino e do músico Vinícius Sampaio, contou sobre sua carreira e cantou clássicos da música popular brasileira (MPB) e do samba, como “Não deixe o samba morrer”, samba composto por Edson da Conceição e Aloísio Silva.

“A música possui um enorme poder de interação entre as pessoas e consegue despertar as mais diversas sensações”, afirmou o diretor do CASA Belém, Daniel de Castro. Segundo o diretor, jovens, familiares e servidores se emocionaram com a apresentação, que durou cerca de uma hora e meia.

Como cantora, Graça recebeu duas indicações ao prêmio internacional Grammy Latino e, recentemente, dublou a personagem Sarabi, mãe do leão Simba no filme “O Rei Leão”. No Altas Horas, ela participou da banda por dez anos.

De acordo com Castro, a exibição da cantora gerou reações diversas na plateia. Em público, um dos adolescentes agradeceu a performance e pontuou que momentos como aquele faziam toda a diferença no cumprimento da medida socioeducativa.

Já um segundo jovem, que ficou aparentemente mais afastado da plateia durante a apresentação, confessou que se manteve um pouco distante porque as músicas interpretadas eram as favoritas de sua mãe, o que o emocionou muito. “Ele não queria que os outros adolescentes o vissem chorando ao lembrar da própria mãe”, explicou Castro.

“Essas situações só comprovaram o grande poder que a música exerce sobre todos nós e como ela pode nos tocar das mais diferentes maneiras, seja por contermos as emoções, lembrarmos as alegrias vividas ou termos a esperança de um novo amanhã”, concluiu o diretor.

A cantora apresentou-se no centro socioeducativo a convite do diretor e da encarregada administrativa do CASA Belém, Elaine Cristina Marques dos Santos, que é irmã de Graça.