Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 18/04/2017 18:31:24

Ao todo serão capacitados 90 facilitadores da Fundação; programa tem como objetivo orientar e preparar o jovem na busca de um emprego

A presidente da Fundação CASA, Berenice Giannella, e o secretário de Estado do Emprego, José Luiz Ribeiro, assinaram nesta terça-feira (18/04) um termo de adesão de parceria para capacitar 90 servidores da Instituição para fazer parte do grupo de facilitadores do Time do Emprego. Dentro da Instituição, o programa terá como objetivo orientar e preparar o jovem na busca de um emprego compatível com seus interesses, habilidades, qualificação profissional e competências.

Além de Berenice Giannella e de José Luiz Ribeiro, também participaram do encontro a superintendente pedagógica, Marisa Fortunato, a coordenadora da área de educação profissional, Cristina Watanabe, ambas da Fundação CASA, e a coordenadora do Time do Emprego, Sandra Império.

Ao todo serão capacitados 90 facilitadores da Fundação, divididos em duas turmas. A primeira turma começa no início de maio e segunda, no início de junho. Os encontros acontecerão na Capital Paulista.

“O trabalho realizado na Fundação CASA é reconhecido no Governo do Estado”, disse o secretário José Luiz Ribeiro. “Eu mesmo já visitei alguns centros da Instituição e fiquei muito contente com o trabalho feito pelos profissionais para ressocializar os jovens. Agora, a Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) veio para somar com este trabalho”, ressaltou o secretário.

Segundo a presidente da Fundação CASA, Berenice Giannella, o Time do Emprego já tem uma ótima atuação na região de Ribeirão Preto e aqui na Capital, no CASA Jardim São Luiz I. “Agora, com a capacitação, serão os nossos servidores que vão desenvolver o programa nos centros da Fundação CASA”, completou a presidente.

“A oportunidade que a Secretaria de Emprego está dando para desenvolvermos o Time do emprego em todo o Estado de São Paulo é muito boa porque vamos casar com os cursos de educação profissional que oferecemos aos jovens. O programa será um aprendizado muito importante para que os jovens saibam como se portarem numa entrevista e apresentarem seus currículos”, disse Berenice Giannella.

“Sou grande apoiador do programa do Time de Emprego porque eu vejo que é um momento que a juventude precisa de alguém para aumentar sua autoestima. O time do emprego valoriza e mostra bons caminhos para estes jovens”, analisou José Luiz Ribeiro.

Para Sandra Império, uma das ações que o programa do Time do Emprego enfatiza com os jovens da Fundação CASA é a que existe um mundo do trabalho. “Procuramos mostrar a eles que existe um mundo muito diferente daquele em que vive com oportunidades e que todos têm condições de mudar de vida. “O objetivo do programa voltado à juventude é o de proporcionar uma esperança e a realização de sonho muitas vezes”, destacou a coordenadora da SERT.

Baseado na experiência da SERT, com algumas mudanças na dinâmica e teoria, o programa Time do Emprego será adaptado para realidade da Fundação CASA. “O que faremos é abrir possibilidades e mostrar opções que muitos dos nossos jovens desconhecem ou conhecem somente uma versão. Neste caso, o que nos cabe é mostrar outras possibilidades para que eles possam ter novas escolhas na vida” finalizou Marisa Fortunato.