Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 08/01/2019 13:27:22

Arquimedes Nicastro realizou uma palestra e contou sobre sua passagem pelo sistema prisional

 

Capa do livro do escritor,
Arquimesdes.

Os jovens que cumprem medida socioeducativa no CASA Jundiaí – Dom Gabriel Paulino Couto (DRM-I) participaram na última segunda-feira (07/01) de uma palestra com o jovem escritor, Arquimedes Nicastro, autor do livro “Lo-Debar – O submundo do crime, a vida na prisão”.

O palestrante contou aos jovens sobre sua trajetória de vida. Nicastro foi preso em 2012 por envolvimento em um esquema de tráfico de drogas e, dentro da prisão, percebeu que teria duas escolhas: se destruir ou se instruir.

Ele escolheu a segunda e passou a ler mais livros. Logo, começou a escrever, ainda dentro do cárcere, o esboço do que se transformaria no seu primeiro livro. Nas páginas, narrou o que sentiu e o que viveu naqueles dias.

Em seguida, o palestrante ressaltou para os jovens a importância da leitura e de se reconstruir quando ainda a tempo. Falou também sobre preconceito e o estigma que sempre irá carregar por ter passado pelo sistema prisional.

De acordo com a coordenadora pedagógica, Caroline Hilário Macedo, os jovens foram tocados pelo depoimento do escritor. “Passada a curiosidade inicial, sobre saber como é a vida na prisão, muitos entenderam que a leitura pode abrir novos horizontes e que é muito importante buscar um objetivo, um sonho e adquirir conhecimento”, disse.

Ao final do evento, o escritor realizou a doação de oito exemplares de seu livro para a biblioteca do centro socioeducativo.