Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 21/05/2019 13:47:15

Comunicado DRH nº 015/2019 explica o pagamento da coparticipação do plano de assistência médica e a possibilidade de verificar gastos via sistema da Fundação CASA

 

A partir desta terça-feira (21 de maio), desde o meio-dia, os funcionários da Fundação CASA que aderiram ao novo plano de assistência médica da Amil, com coparticipação, podem acessar um sistema da Instituição no qual podem verificar o extrato dos gastos com a coparticipação a serem descontados em folha de pagamento.

As informações estão disponíveis no Comunicado DRH nº 015/2019, divulgado pela Divisão de Recursos Humanos (DRH) da Fundação CASA na última segunda-feira (20 de maio). De acordo com o Comunicado, os descontos das utilizações dos meses de janeiro a março começam a ocorrer na folha de pagamento de maio – cuja remuneração é paga em junho.

No holerite do funcionário, o desconto ocorrerá conforme o uso pelo titular, dependente(s) e agregado(s), de forma única, na verba com descrição 1615 – Coparticipação PL. de Saúde.

Cabe destacar que os prestadores dos serviços possuem prazos distintos para informar a operadora de Saúde, Amil, sobre o serviço utilizado. Isso significa que poderá haver cobrança futura por serviços realizados no primeiro trimestre de 2019 e que não foram informados à Amil a tempo da cobrança na folha de pagamento de maio.

A DRH esclarece que não houve processamento dos descontos nos quatro primeiros meses deste ano devido à necessidade de adaptação do sistema da operadora Amil.

Controle nas mãos

Por meio do Portal E-CASA (http://sistemas.fundacaocasa.sp.gov.br), utilizando o login e senhas individuais do ERP, o funcionário pode acessar o sistema no ícone Assistência Médica. Ao entrar, escolha a opção Coparticipação no menu e, depois, selecione Extrato da Coparticipação para verificar todos os lançamentos já realizados e aquilo que será descontado em folha de pagamento.

Confira todos os detalhes na íntegra do Comunicado DRH nº 015/2019, que também esclarece sobre a possibilidade de abrir recurso a cobrança realizada.