Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 29/11/2019 18:41:39

Coletivo de mulheres que possuem filhos LGBTs conversaram com adolescentes do centro socioeducativo

 

Quatro integrantes do coletivo Mães pela Diversidade participaram de um bate-papo sobre identidade de gênero e orientação sexual com adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação no Módulo B do CASA São Paulo, no Complexo da Vila Maria, na capital paulista. Dentre as palestrantes, estava Maju Giorgi, que coordena o coletivo, formado por mães que possuem filhos e filhas LGBTs.

Em uma roda, as mulheres contaram suas experiências com seus filhos: os medos cotidianos da violência, os preconceitos vivenciados por eles e elas e o processo de aceitação pessoal e social.

O bate-papo, ocorrido no dia 21 de novembro, foi uma iniciativa da Comissão de Direitos Humanos, Diversidades e Enfrentamento da Violência do centro socioeducativo.

De acordo com a coordenadora pedagógica, Raquel de Freitas, os adolescentes ouviram os depoimentos com bastante atenção, interagiram com as palestrantes e socializaram com as mães situações, especialmente de preconceitos, que eles próprios observaram.

“No final, eles pediram para abraça-las, o que foi um gesto emocionante de demonstração de empatia dos rapazes”, afirmou a coordenadora pedagógica.

O coletivo Mães pela Diversidade começou em 2011 e hoje conta com cerca de 2 mil mães de filhos e filhas LGBTs nas 27 unidades federativas do Brasil. Uma das principais lutas do coletivo é contra a LGBTfobia.