Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 13/11/2018 18:39:55

Adolescentes conheceram histórias de vida de cinco moradores da Instituição de Longa Permanência para Idosos

 

Duas horas de troca de experiências entre gerações, de contação de trajetórias de vida, de revisitar histórias sobre dificuldades enfrentadas. Passado, presente e futuro em pauta. Vivências diferentes em espaços de prestação de serviços públicos distintos dialogadas.

A última sexta-feira (09 de novembro) foi uma data de intercâmbio entre todos os adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação no CASA Ouro Preto, no Complexo da Vila Maria, em São Paulo, e cinco idosos moradores da Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI) do Jaçanã, bairro da zona norte da capital paulista.

Os idosos, acompanhados de três profissionais do ILPI – gerente da instituição, psicóloga e assistente social – foram ao centro socioeducativo para conhecer o trabalho realizado com os jovens e promover o intercâmbio entre as gerações.

Eles conversaram sobre seu cotidiano na Instituição, que atende a idosos com idade acima de 60 anos e em situação de vulnerabilidade social – abandono familiar, entre outros. No local, além de morar, participam de atividades pedagógicas e de recreação e recebem visitas. Também podem sair para passeios e outras atividades externas.

Durante o diálogo, os adolescentes perguntaram sobre a convivência entre os moradores, o funcionamento do cotidiano, entre outros.

Os visitantes conheceram a área técnica do CASA, além do espaço socioeducativo dos adolescentes. Após o bate-papo, alguns adolescentes se arriscaram em jogar dominó com parte dos idosos. “Os rapazes jogaram três partidas e perderam todas. Os idosos possuem mais experiência”, observou o agente técnico Paulo de França Santiago, que trabalha no CASA Ouro Preto.

O objetivo da visita foi impactar os adolescentes a partir de histórias de vida próximas a seus pais e avós, de forma que colaborasse num processo reflexivo sobre o passado e as mudanças necessárias no presente para se alcançar um futuro melhor.