Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 08/11/2019 11:28:40

Exibição de dança com ginástica acrobática das adolescentes acontece nesta sexta-feira (08/11), no Brás

 

Ao ritmo do rock, um grupo de dez adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação no CASA Chiquinha Gonzaga combina dança e ginástica acrobática numa apresentação artística nesta sexta-feira (08 de novembro), para servidores e profissionais que atuam no Fórum das Varas Especiais da Infância e Juventude da Capital, no bairro do Brás, em São Paulo.

No “palco” do ambiente de trabalho do Judiciário, as jovens levam uma coreografia construída inteiramente com a participação delas, sob o comando do profissional de Educação Física Júlio Gonçalves, que atua no centro socioeducativo do bairro da Mooca, na Zona Leste da capital paulista. A inspiração é na música “Ex’s & Oh’s”, canção da cantora e atriz norte-americana Elle King.

O evento acontece no contexto do projeto “Cantando no Fórum”, elaborado pela juíza do Departamento da Execução da Infância e Juventude (Deij), Luciana Crocomo, implantado em 2019.

O objetivo do projeto é mostrar o trabalho artístico desenvolvido pelos e pelas adolescentes em internação nos centros da Fundação CASA. A dança, o teatro e a música são alguns dos meios de expressão utilizados na execução da medida socioeducativa.

Para a coordenadora pedagógica do CASA Chiquinha Gonzaga, Andréia Motta, a dança é um importante instrumento no processo de aprendizagem. “É um meio de se trabalhar de forma integral o desenvolvimento humano, com a finalidade de integrar as jovens na sociedade e principalmente fazê-las parte dela”, explica.

Na Fundação, os adolescentes privados de liberdade, dentro de uma agenda pedagógica programada, participam de oficinas de arte e cultura de diferentes linguagens, como dança, música, artes plásticas, teatro, entre outros.

As aulas acontecem duas vezes por semana, com cerca de uma hora e meia de duração, e realizadas por educadores de organizações sociais parceiras. Na capital, atuam organizações como Projeto Guri, Ação Educativa e Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).