Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 29/09/2020 15:27:43

Objetivo é favorecer ainda mais o trinômio adolescente-instituição-família

 

Como forma de auxiliar ainda mais no processo socioeducativo dos jovens atendidos, o Centro de Atendimento Inicial e Provisório (CAIP) de Franca (DRN) está utilizando a tecnologia para superar a pandemia.

Por meio do aplicativo de conversas Hangouts, os profissionais do CASA estão realizando as reuniões com os familiares.

Como explica a encarregada de área técnica, do CAIP, Alessandra C. S. Rocha, a utilização da ferramenta tem como objetivo auxiliar na manutenção dos vínculos. “Recorremos a estes recursos tecnológicos de fácil acesso, como forma de favorecer ainda mais o trinômio adolescente-instituição-família”, comentou.

As reuniões acontecem com dia e horário agendados. Para iniciar, aa equipes do centro formalizaram uma assembleia por vídeo-chamada, com o nome “Do “antigo” ao “novo” normal: o fortalecimento dos núcleos familiares em tempos de Covid-19”.

Na sequência, cada familiar foi se conectando ao grupo criado no próprio e-mail do CAIP, no horário agendado.

A reunião iniciou-se com a leitura do texto “É proibido” de Pablo Neruda, em seguida, foi proposta uma reflexão em conjunto. Por fim, as equipes do centro se propôs a entender de que forma estes núcleos familiares enfrentam os rebatimentos causados pela pandemia e como estes afetam (ou não) a dinâmica intrafamiliar.

Todas as famílias participaram da reflexão, expressando suas angústias, medos, questionamentos e, inclusive, propostas para habituar-se à nova realidade.